segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Bicicletas em Porto Alegre

Na idéia de contribuir nessa função que se criou sobre o acorrentamento das bicicletas no Mercado Público de Porto Alegre, sugiro que ao contrário de saudarmos como heróis os culpados pela situação chegar até aqui (no caso a SMIC com sua postura arrogante, a SMOV com o descaso que tem com o espaço público, a EPTC com a total dedicação do trânsito para os automóveis e a Prefeitura em geral pela mentalidade anti-urbana que tem tido durante MUITO tempo), a gente apoie uma iniciativa que poderia solucionar parte do problema e, mesmo não sendo a solução final do problema, parte de uma base super pragmática e fácil de implementar. 
O que é?
Um projeto de lei que obriga a oferta de vagas para bicicletas em (quase) todos os locais em que há vagas para carros.

Tenho aqui no escritório tanto a lei proposta como o abaixo-assinado de apoio a ela. Quem quiser, também pode imprimir e me entregar que faço o contato com o pessoal que está tocando a iniciativa, que são o Poabikers, a ACZS, a Massa Crítica/PoA e a Associação AUDAX.

Sobre a lei proposta, gostaria de destacar algumas coisas (até pra esclarecer):
  • Prevê a inclusão obrigatória  de vagas para bicicletas em todos os estacionamentos comerciais de Porto Alegre e naqueles oferecidos por estabelecimentos de comércio e serviços aos seus clientes (que tenham mais de 10 vagas);
  • número de vagas para bicicletas é proporcional ao número de vagas total do estacionamento, de 2 a 20 vagas para bike, a partir de um mínimo (5 vagas para bicicletas para estacionamentos comerciais com até 25 vagas para carros e 2 vagas para bicicleta para estacionamentos de lojas);
  • está proposta a cobrança de um valor igual a metade da passagem de ônibus municipal para cada turno de estacionamento (de modo a formalizar o estacionamento e para não penalizar o estabelecimento. pensou-se que pagando 2 turnos já vale a pena em relação ao ônibus, por exemplo);
  • Assim como para com os carros, os estabelecimentos ficam responsáveis pelas bicicletas estacionadas;
  • Já temos mais de 1.000 assinaturas, mas buscamos ao menos 3.000 para levar a iniciativa aos vereadores.
Mais informaçõe s, sugiro este link do Poabikers com a explicação e o texto da lei e este outro link com a folha para coleta de assinaturas. Essa folha, pode ser preenchida e entregue a mim ou na loja M Bike da Av. Santana esq. Olavo Bilac. 

Um comentário:

futuro disse...

http://futurologia.blogdiario.com/